Notícias

Governador Jorginho Mello quer cortar investimentos nas barragens, entenda o caso

Jorginho Mello quer tirar mais de R$ 20 milhões da Defesa Civil para a luta contra as enchentes, enquanto cidades como Taió sofrem a 5a inundação em menos de um mês.

O corte de verbas na manutenção de barragens é de R$ 42,5 milhões em 2023 para R$ 21,7 milhões em 2024. Além disso, o dinheiro que o estado separou para a Defesa Civil cuidar da prevenção para enchentes também vai diminuir em quase 28%, indo de R$ 59,8 milhões em 2023 para R$ 44,8 milhões em 2024.

Mesmo com o aumento no fundo para lidar com as consequências dos desastres, o déficit total, ou seja, o corte de verba, totaliza R$ 20,9 milhões.

A barragem de José Boiteux enfrenta problemas severos na manutenção e o Ministério Público tem uma liminar para que o governo execute urgentemente obras na barragem de Ituporanga, por exemplo. Com o corte de investimentos, essas obras podem ficar comprometidas.

 

jornal razão

Avatar

Visitante

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Notícias

Foragido pela morte de delegado aposentado em bar morre em confronto com a polícia em SC

Um dos dois foragidos investigados pelo latrocínio de um delegado aposentado em um bar de Criciúma, no Sul catarinense, foi
homicidio-sao-jose
Notícias

Empresário de salões de beleza de luxo é suspeito de matar a tiros cliente de bar em SC

Um cliente de uma loja de conveniências foi baleado e morreu em São José, na Grande Florianópolis, após uma discussão