Notícias

Operação policial prende 24 condenados por estupro de vulnerável em SC e PR

Uma força-tarefa realizada pela Polícia Civil cumpriu mandados de prisão contra condenados pelo crime de estupro de vulnerável. A operação “Guardiões da Infância”, realizada entre terça (14) e quinta-feira (16), resultou na prisão de 24 pessoas.

Os mandados foram cumpridos em 16 municípios catarinenses: Arroio do Silva, Blumenau, Canelinha, Correia Pinto, Florianópolis, Joinville, José Boiteux, Luiz Alves, Navegantes, Palhoça, Petrolândia, Pomerode, Rio do Sul, São Francisco do Sul, São José e Xaxim. Além disso, também foram presas pessoas em Curitiba e Vitorino, no Paraná.

A Polícia Civil destacou a prisão de um homem em Rio do Sul, condenado a mais de 82 anos de reclusão. Há 20 boletins de ocorrência registrados contra ele pelos crimes de ameaça e estupro de vulneráveis, praticados contra duas sobrinhas, com abusos iniciados quando as meninas tinham apenas 6 anos de idade.

Participaram da operação cerca de 80 policiais civis da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) e das unidades policiais das cidades onde os mandados foram cumpridos, além da Polícia Civil do Paraná.

 

A Delegacia de Capturas da Deic deflagrou a operação “Guardiões da Infância” em combate à pedofilia, em vista do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado neste sábado (18).

Visitante

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Notícias

Foragido pela morte de delegado aposentado em bar morre em confronto com a polícia em SC

Um dos dois foragidos investigados pelo latrocínio de um delegado aposentado em um bar de Criciúma, no Sul catarinense, foi
homicidio-sao-jose
Notícias

Empresário de salões de beleza de luxo é suspeito de matar a tiros cliente de bar em SC

Um cliente de uma loja de conveniências foi baleado e morreu em São José, na Grande Florianópolis, após uma discussão