Notícias

Número de mortes por leptospirose cresce 44% no Brasil em três anos devido a enchentes

Entre 2020 e 2023, o Brasil registrou um aumento de 44% no número de mortes por leptospirose, com as enchentes sendo um fator significativo de contaminação e mortalidade. De acordo com dados do Ministério da Saúde, em 2020 foram registradas 195 mortes, enquanto no ano passado esse número aumentou para 281.

O acumulado desses três anos totalizou 974 mortes, sendo 182 em 2021 e 318 em 2022, este último considerado o ano com o maior registro de mortes. As enchentes foram apontadas como a principal causa desse aumento na mortalidade.

A leptospirose é uma doença infecciosa adquirida pela exposição direta ou indireta à urina de ratos infectados pela bactéria leptospira. Com as enchentes, a transmissão da doença torna-se mais ampla.

Segundo o infectologista Manoel Renato Palacios, a leptospirose pode se espalhar durante desastres naturais como enchentes, e quem entra em contato com a água contaminada corre o risco de contrair a doença, mesmo sem ferimentos na pele.

Embora a leptospirose não seja uma doença de alta letalidade, pode se desenvolver para formas mais graves, aumentando assim a taxa de mortalidade.

Até abril deste ano, foram registradas 72 mortes em 734 casos, de acordo com o Ministério da Saúde.

Os sintomas da leptospirose incluem febre, dores de cabeça, na região lombar e nas panturrilhas, além de alterações respiratórias, urinárias, sangramentos, hipotensão, entre outros.

O tratamento da leptospirose varia conforme a gravidade da doença, podendo incluir o uso de antibióticos e medidas de suporte clínico, como hemodiálise e entubação.

Com as recentes enchentes no Rio Grande do Sul, a Sociedade Brasileira de Infectologia emitiu uma nota técnica recomendando medidas preventivas para evitar casos de leptospirose e outras doenças associadas ao contato com áreas alagadas.

Avatar

Visitante

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Notícias

Foragido pela morte de delegado aposentado em bar morre em confronto com a polícia em SC

Um dos dois foragidos investigados pelo latrocínio de um delegado aposentado em um bar de Criciúma, no Sul catarinense, foi
homicidio-sao-jose
Notícias

Empresário de salões de beleza de luxo é suspeito de matar a tiros cliente de bar em SC

Um cliente de uma loja de conveniências foi baleado e morreu em São José, na Grande Florianópolis, após uma discussão