Notícias

Fotos: Rio Grande do Sul Inaugura Centro de Acolhimento Provisório para Vítimas de Enchentes em Canoas

Nesta quinta-feira (4), o governo do Rio Grande do Sul deu início à inauguração da primeira “cidade provisória” destinada a receber desabrigados pelas recentes enchentes que afetaram o estado. Localizado em Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, o Centro Humanitário de Acolhimento (CHA) oferece abrigo para até 630 pessoas em 126 casas modulares.

O espaço conta com infraestrutura completa, incluindo banheiros, refeitório, lavanderia coletiva, berçário, fraldário, posto médico, policiamento 24h, ambientes multiuso, além de áreas destinadas a crianças e animais de estimação. As unidades modulares, doadas pela Agência da ONU para Refugiados (Acnur) e montadas com apoio do Exército Brasileiro, têm 17 metros quadrados e são equipadas com beliches, camas de casal e berços conforme a necessidade de cada família.

O espaço, ocupando 30 mil metros quadrados, foi preparado em um mês, iniciando sua construção em 4 de junho. Uma linha de ônibus municipal foi implementada para facilitar o transporte dos moradores, que também terão acesso gratuito à internet sem fio e energia elétrica.

As famílias que serão acolhidas no centro foram selecionadas com base em critérios como famílias monoparentais, presença de idosos, pessoas com deficiência, gestantes, e outras especificidades que demandam atenção especial para garantir o acolhimento adequado aos mais vulneráveis.

CONFIRA ALGUMAS FOTOS:

Visitante

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Notícias

Foragido pela morte de delegado aposentado em bar morre em confronto com a polícia em SC

Um dos dois foragidos investigados pelo latrocínio de um delegado aposentado em um bar de Criciúma, no Sul catarinense, foi
homicidio-sao-jose
Notícias

Empresário de salões de beleza de luxo é suspeito de matar a tiros cliente de bar em SC

Um cliente de uma loja de conveniências foi baleado e morreu em São José, na Grande Florianópolis, após uma discussão