Anuncie aqui!
Publicado há 16:48 | Atualizado em 16/04/18 às 11:04

Prefeitos e Presidentes de Câmaras do Vale Oeste reuniram-se em Taió

O Prefeito Almir Guski e o Vice-Prefeito Horst Alexandre Purnhagen receberam em seu gabinete nesta sexta-feira (13/04) os Prefeitos, Presidentes das Câmaras de Vereadores e Secretários das seis cidades que compõe o Vale Oeste: Taió, Pouso Redondo, Salete, Rio do Campo, Mirim Doce e Santa Terezinha.

O encontro foi uma ação conjunta dos Poderes Executivo e Legislativo e teve como principal objetivo a discussão das principais demandas de cada município, principalmente após a desativação da ADR (Agência de Desenvolvimento Regional) de Taió. O assunto, aliás, é uma das pautas que mais têm preocupado o Prefeito de Taió, Almir Guski, tendo em vista as dificuldades que o Vale Oeste encontrará com a falta da regionalização dos serviços que antes eram oferecidos pela ADR.

Em um primeiro momento, foram apresentados os números do Hospital e Maternidade Dona Lisette após a chegada do Instituto Vidas, que assumiu a gestão do hospital em agosto do ano passado. Richard Choseki, Diretor-Presidente do Instituto Vidas e Leonardo e Eleudemar Rodrigues, Assessor Técnico do Instituto, expuseram aos presentes as especialidades trazidas ao município neste período e ouviram as principais demandas de cada cidade. O objetivo do encontro com estes profissionais é o de criar uma Rede Regional de Saúde, envolvendo os hospitais do Vale Oeste. O assunto segue em estudo.

Além disto, o Advogado do Município de Taió, Marco Vinícius Pereira de Carvalho, tratou sobre o Processo Administrativo na Administração Pública, dando detalhes dos procedimentos cabíveis a todos os presentes.

Outro assunto da pauta foi a questão do reflorestamento, que também foi o tema da Audiência Pública com a CELESC realizada na última terça-feira (10/04), onde foi sugerida uma espécie de legislação preventiva padronizada nos seis municípios, abordando este assunto.

O Prefeito Almir comentou ainda sobre a possibilidade da devolução do SAMU ao Governo do Estado de Santa Catarina. As razões vão desde o número de atendimentos prestados, quanto ao custo elevado aos cofres públicos. A ideia vem sendo discutida pela Administração Municipal junto a Secretaria de Saúde e vereadores, porém ele frisa que a devolução não deve afetar os usuários.

O último assunto da reunião foi a possibilidade de Taió poder imprimir carteiras de motorista e de identidade no município, uma ideia que também vem sendo discutida.

O Presidente da Câmara de Vereadores de Rio do Campo, Antônio Carlos Contezini, abordou a questão da ligação asfáltica entre Santa Terezinha e a BR-116. Uma promessa que até hoje não saiu do papel.

Uma nova reunião está agendada para a próxima quinta-feira (19/04), em Pouso Redondo, desta vez também com a presença dos Secretários de Saúde de cada município.

TEXTO: Site da Prefeitura de Taió