Anuncie aqui!
Publicado há 08:11 | Atualizado em 15/03/18 às 08:03

Tiago Maestri avalia 10 dias de Governo

Presidente do Legislativo taioense comandou a prefeitura pela segunda vez nesse mandato

O presidente da Câmara de Vereadores de Taió, Tiago Maestri retornou ao Legislativo nesta semana após ocupar o cargo de prefeito em exercício no período entre 03 e 12 de março. Durante os 10 dias em que esteve a frente da principal cadeira do Executivo municipal, Maestri participou de diversas reuniões, fiscalizou e delegou obras, além de sancionar o projeto de lei que institui o curso de primeiros socorros obrigatório para profissionais da Educação.

Esta foi a segunda vez que ele ocupou o cargo, porém desta vez o período foi maior em relação ao ano passado quando comandou a Prefeitura por dois dias. “Foi uma experiência enriquecedora e muito gratificante, procurei dar continuidade ao trabalho, que já vem sendo realizado, claro que com um pouco do meu jeito de fazer gestão, que é bem semelhante ao modo do Almir e do Alexandre, com celeridade no serviço público”, afirmou.

Na prática foram seis dias de trabalho descontados os sábados e domingos do período. Entre os trabalhos realizados estiveram a realização de novas pinturas em faixas de pedestres que ficam na área central e que já estavam desgastadas pela ação do tempo, bem como a construção de uma faixa elevada na Rua Expedicionário Wachholz no bairro Vila Mariana, em frente ao CEI Padre Eduardo e ao posto de saúde, medida que garante mais segurança aos alunos, pais e pacientes que buscam atendimento no ESF. “Essas são ações simples, práticas, mas que trazem enorme benefício para a população, porque dão mais segurança para quem precisa atravessar a rua, tanto a construção da faixa elevada, quanto a pintura das faixas de pedestres”, frisou.

Kits de artesanato

Uma das ações que mais mobilizou pessoas no gabinete foi a reunião com as representantes dos Clubes de Mães Unidas de Taió, onde foram entregues materiais para seis clubes e uma associação. Os kits para a produção de artesanato, compostos de linhas, tintas, agulhas, pincéis foram doados pela Fundação Nova Vida, por intermédio do deputado estadual Milton Hobus, após solicitação feita por Maestri.

Os materiais vão auxiliar no trabalho artesanal que tem ajudado na arrecadação de recursos para manter as sedes das associações nas localidades de Taió. “Foi um auxílio que demos para incentivar o voluntariado que essas mulheres fazem em prol das comunidades em que moram, um trabalho incansável e que merece todo o reconhecimento”, observou.

 

Lei primeiros socorros

Em um dos últimos atos como prefeito em exercício, Maestri sancionou a lei que institui o curso de primeiros socorros para profissionais da rede municipal de educação em Taió. O projeto de lei sancionado entra em vigor a partir da data de publicação.

A capacitação vai reunir professores, diretores e demais funcionários das unidades de educação e envolverá o primeiro atendimento em caso de acidente no ambiente escolar, enquanto o atendimento especializado está a caminho. “É uma medida que vai dar mais segurança aos alunos, pais e aos próprios profissionais da educação, caso se deparem com alguma situação atípica nas escolas e creches, enquanto aguardam a chegada dos bombeiros ou do Samu”, explicou.

O projeto de lei foi uma indicação de Maestri, após receber pedidos de pais de alunos, que tomaram conhecimento de uma iniciativa conhecida como Lei Lucas que tem ganhado o país.

Audiência pública

Entre as diversas reuniões realizadas em gabinete em uma delas ficou definida a realização de uma audiência pública que irá debater a questão do fornecimento de energia elétrica em Taió, o chefe da agência regional da Celesc, Manoel Arisoli Pereira, se prontificou a vir com uma equipe para Taió, para esclarecer dúvidas de moradores e entidades. “Essa é uma audiência que vamos fazer através da união entre os poderes Executivo e Legislativo, com a participação da comunidade e das entidades de classe interessadas”, finalizou.