Publicado há 3 semanas atrás | Atualizado em 13/11/17 às 03:11

Alunos de Apiúna são Destaque Nacional em  Educação

Projeto “A Educação a Favor da Saúde”, de Apiúna ganha prêmio nacional ‘‘Desafio Criativos da Escola’’

 O projeto “A Educação a Favor da Saúde”, desenvolvido por alunos do ensino fundamental da Escola Municipal Victória Cerutti Petters, no município de Apiúna, no Médio Vale Itajaí, está entre os premiados nacionais  pelo “Desafio Criativos da Escola”. O resultado foi divulgado na sexta-feira, 10, pelo Instituto Alana, de São Paulo, promotor do concurso. A iniciativa visa reconhecer, em nível nacional, os projetos de transformação de realidades desenvolvidos por crianças, adolescentes e educadores em suas comunidades

 O Instituto Alana recebeu, neste ano, 1.492 inscrições de projetos de estudantes com iniciativas que estimulam o protagonismo e que tenham potencial de transformação no ambiente escolar e nas  comunidades.  O tema abordado pelos alunos foi escolhido diante da constatação do desperdício de dinheiro público com a falta de comparecimento aos exames e consultas agendadas pela Secretaria de Saúde do município de Apiúna.

“Analisando os diversos problemas que envolvem a saúde observamos o índice de faltas da população a consultas e exames agendados pela mesma, que gera um grande índice de desperdício, buscamos intervir nessa realidade afim de conscientizar a população, quanto a sua responsabilidade do comparecimento as consultas e exames, reduzindo assim o desperdício do dinheiro”, conta a aluna do 9ª. ano do Ensino Fundamental, Brenda Formagi.

O “Desafio Criativos da Escola” encoraja crianças e jovens a transformarem suas realidades, reconhecendo-os como protagonistas de suas próprias histórias de mudança. O protagonismo, a empatia, a criatividade e o trabalho em equipe são os pilares centrais deste projeto que busca envolver e estimular educandos e educadores de diferentes áreas no engajamento e na atuação em suas comunidades.

A iniciativa

A professora Marcela Voigt relatou que os alunos se reuniram para discutir e refletir sobre alguns possíveis temas a serem abordados dentro do Prêmio Desafio Criativos da Escola. “Apontaram para problemas na saúde, no meio ambiente, o que fazer com o lixo eletrônico. No entanto, a falta de comparecimento ao exames agendados pela Secretaria de Saúde foi o tema que os alunos acharam mais relevante, pois os mesmos relataram as reclamações da população em geral, devido ao grande índice de ausência de comparecimento, deixando de atender outras pessoas”, explicou. Desta forma, os alunos entrevistaram o secretário da saúde e outros responsáveis pela área e discutiram ações e estratégias que pudessem ser realizadas para diminuir ou até sanar o problema, afim de diminuir os gastos desnecessários e melhorar o atendimento à população.

A aluna Joseane Voss descreveu que iniciaram as atividades do projeto fazendo um levantamento de dados numéricos referentes as consultas e exames agendados e não realizados, confeccionaram panfletos informativos com gráficos sobre os desperdícios do dinheiro público e distribuíram nos mercados, nas escolas, eventos sociais, postos de saúde e  população do município. “Também utilizamos de recursos tecnológicos, como rádios, redes sociais, câmara de vereadores para passarmos a importância do comparecimento as consultas e exames agendados”.

O resultado foi quase imediato. O Prefeito Gerson Gonçalves contou que em apenas um mês, o “não-comparecimento” a consultas e exames caiu mais de 80%. “O trabalho dos alunos, de baixo custo e muito empenho traduziu-se em economia dos recursos públicos e o mais importante, melhoria no atendimento à população”.

O trabalho dos alunos catarinenses concorreu com mais  de 1,4 mil projetos educativos, oriundos de cerca de 400 municípios de 17 estados do Brasil.

Premiação

Os alunos e educadores das equipes vencedoras ganharão um prêmio em dinheiro para investir no aprimoramento do projeto e uma viagem ao Rio de Janeiro na primeira semana de dezembro para participar de oficinas, vivências e atividades culturais.

Responsabilidade Socioambiental

O Desafio é parte integrante do PVE – “Parceria Votorantim Pela Educação” – uma iniciativa espontânea do Consórcio Empresarial Salto Pilão (CESAP) de contribuir com a Educação através de Projetos Socioambientais de forma aderente à sua cultura de Sustentabilidade.

Está em desenvolvimento desde o início do ano nos municípios de Apiúna, Ibirama e Lontras. Com previsão de execução até 2020, o PVE oferece, gratuitamente, treinamento e consultoria para melhorar a gestão educacional do ensino ofertado pela rede municipal, contribuindo para a melhoria da educação pública, através da qualificação das práticas de gestão educacional e escolar, envolvendo a mobilização de profissionais da educação e das comunidades.

TEXTO: Jair Fabiciack