Publicado há 3 meses atrás | Atualizado em 16/08/17 às 09:08

Nova promotora quer intensificar ações do MP

A nova promotora de Justiça titular da Comarca de Taió pretende dar celeridade às ações que já estão em curso no Ministério Público Taioense, que abrange as cidades de Salete e Mirim Doce.  Raísa Carvalho Simões Rollin, estava no MP de Curitibanos  e recebeu a nossa reportagem em seu gabinete e falou sobre os trabalhos na comarca.

Sobre a investigação da construção da Praça em Salete, onde o ex-prefeito Juares de Andrade (PSD) e outros envolvidos foram presos, ela respondeu que o inquérito ainda não foi concluso porque outras obras também estão sendo investigadas. “Nós temos uma ação penal com toda a investigação que foi feita com apoio do Gaeco o MP apresentar denúncia ao poder judiciário e agora estamos fazendo tudo para demonstrar a parte criminal e principalmente em relação a improbidade administrativa”,

Ela esteve pessoalmente analisando os autos e confrontando os dados levantados pelo promotor anterior e constatou algumas falhas conforme foi demonstrado nos autos. O Ministério Público também vai investigar outras quatro obras, cujo contrato foi executado pela construtora F & F

A mesma empresa com sede em Ibirama, venceu licitações e executa obras em vários municípios da região, inclusive no município de Taió. A promotora adiantou que a princípio, só serão averiguadas as obras no município de Salete.  Ela também falou do prosseguimento do inquérito que investiga pagamentos abusivos de horas extras à profissionais de Saúde no Pronto Atendimento Municipal. “Foram várias denúncias que recebidas pelo Ministério Público”, disse.

Raísa se surpreendeu com a quantidade de denúncias de estupro na comarca. Ela constatou que infelizmente não são casos do passado e sim vários casos denunciados nas últimas semanas. A maior parte dessa denúncias, as crianças e adolescentes são vítimas dos próprios familiares ou pessoas próximas da família.

Confira no link: ÁUDIO

 

>>Jornalista Alexandre Salvador