Publicado há 4 meses atrás | Atualizado em 17/07/17 às 03:07

O pastor cheio de graça também deve vir à Taió

Cláudio Duarte, que está fazendo o maior sucesso com suas palestras descontraídas, especialmente sobre comportamento de casais, é mais uma das atrações para a festa do centenário de Taió. Ainda não está confirmada sua presença mas a mera possibilidade, ja causa sensação.  

Com seu jeitão jovial de pregar a palavra do Senhor de uma forma bem humorada e descontraída, fez com que Claudio Duarte se tornasse conhecido não apenas por membros da Igreja Batista, à qual ele pertence. Atualmente, seus livros, DVDs e vídeos no Youtube são visto por dezenas de milhares de pessoas, inclusive de outras religiões, que buscam uma interpretação do Evangelho sem engessamentos, com mais leveza e proximidade.

A infância e a juventude de Claudio Duarte não foram nada fáceis, essas duas fases foram marcadas por muitas dificuldades e provações que ele passou com a família. A fé foi o que lhe sustentou nesses momentos e permitiu que ele se mantivesse firme. Então, no ano de 1992, converteu-se na Igreja Batista Nacional, da qual é pastor nos dias atuais.

Assistindo às suas pregações pode não parecer, mas Claudio Duarte já fez a linha mais introspectiva! Ele mesmo conta que o bom humor veio pelo contato com fiéis mais jovens e também como uma forma de transmitir a mensagem de Deus a esse público. Ou seja, a irreverência não foi um instrumento de marketing, mas acabou sendo importante na divulgação do trabalho do pastor. Hoje, seus cultos são marcados por piadas dentro do contexto bíblico e por termos que pertencem ao cotidiano de todos.

O pastor diz que é apropriado usar esse tom mais humorístico, porque o próprio Deus e Jesus tinham essa característica! Ele menciona uma passagem bíblica em que Deus pergunta onde está Adão, sendo que já sabia a resposta, pois é um ser onipresente. O fato de fazer piadas para explicar mensagens da Bíblia é algo polêmico, especialmente para alguns religiosos que discordam dessa atitude. No entanto, é inegável que essa descontração conquista muitos fiéis, que se identificam e compartilham o discurso de Duarte.

Claudio Duarte tem diversos livros publicados. Em “Os desafios de um líder”, de 2014, ele aborda os aspectos envolvidos na liderança, uma posição almejada por muitos, mas que traz responsabilidades e complexidades que poucos conhecem. O casamento é o ponto central do livro “Parceiros ou rivais”, lançado no mesmo ano, em que o pastor explora o matrimônio como compartilhamento de duas vidas, emoções, sonhos, desejos, dificuldades.

O tema da obra “Vamos falar daquilo?” é a sexualidade, algo que ainda é visto como um tabu, mas que faz parte da própria condição humana. O mesmo tema faz parte de “Sexualidade sem censura”, livro em que o pastor fala sobre a vida íntima dos casais de forma descomplicada e procura esclarecer as dúvidas que permeiam o assunto. Para fortalecer a fé dos fiéis que estão se sentindo fraquejar (algo também normal), Claudio Duarte escreveu “Eu não desisto nunca”, onde fala sobre perseverança.

A bibliografia de Claudio Duarte tem temáticas variadas, mas sempre com uma perspectiva cristã e, é claro, bem-humorada, pois essa já se tornou a sua marca! Uma curiosidade para encerrar: a fama do pastor começou quando os próprios fiéis começaram a divulgar trechos de suas pregações na internet e elas começaram a se popularizar ao extremo.